Pesquisa Ipespe: Lula vai a 44%, Bolsonaro tem 24%

A nova pesquisa Ipespe, divulgada nessa segunda-feira (20), mostra a força eleitoral do ex-presidente Lula, que chegou a 44% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro, o segundo colocado, tem apenas 24%.

Nesse domingo, o Chile derrotou a extrema-direita nas urnas, em 2022, ao que tudo indica, Bolsonaro será derrotado pelo ex-presidente Lula, caso a tendência das pesquisas continue estável.

De acordo com a última pesquisa Ipespe, divulgada nessa segunda-feira (20), Lula tem 20 pontos de vantagem sobre Jair Bolsonaro e lidera isolado todos cenários eleitorais.

No levantamento estimulado, o pré-candidato do PT tem 44% das intenções de voto, contra 24% de Jair Bolsonaro. O ex-juiz parcial Sergio Moro aparece com 9%; Ciro Gomes tem 7%, seguido por João Doria (3%), Felipe D’Ávila (1%) e Rodrigo Pacheco (1%). “Nenhum/branco/não iria votar” correspondem a 9%. 3% não souberam responder.

No cenário B, com mais nomes minoritários, Lula mantém folgada liderança. O ex-presidente tem 43% dos votos, contra 23% de Bolsonaro. Moro, Ciro e Doria permanecem iguais ao outro cenário. Cabo Daciolo, Simone Tebet e Alessandro Vieira ficam com 1% e Felipe D’Ávila cai para 0%.

No segundo turno, Lula tem 53% contra 31% de Jair Bolsonaro. Contra Moro, o petista ganha de 52% a 33%. Contra Ciro, Lula ganha de 52% a 25%. Contra Doria, Lula ganha de 53% a 24%.

Além disso, o Instituto, captou que Bolsonaro tem mais de 60% de reprovação, o que será difícil reverter dentro de 10 meses.

Com a pesquisa de hoje, Lula se aproxima de uma vitória no 1º turno.

Postar um comentário

3 Comentários

  1. LULA vence no primeiro turno e papai NOEL vai descer na chamine trazendo uma promoçao de SUBTENENTE

    ResponderExcluir
  2. Deusé mais nas nossas vidas ;'q caia por terra todas essas falsas pesquisas; vamos reeleger o presidente Bolsonaro 2022!

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.