NOVO GOLPE do WhatsApp assusta os usuários do aplicativo





Por Lucy Tamborino


Um golpe muito comum, mas que tem feito cada vez mais vítimas por conta da correria do dia a dia. Conheça o golpe do WhatsApp e saiba como não cair e evitar que amigos e familiares saiam no prejuízo. Entenda como os criminosos agem e como se proteger.


Na última segunda-feira, se você é usuário do WhatsApp percebeu uma queda. Em todo o mundo, assim como no Brasil, os usuários dos serviços relataram dificuldade pra acessar os serviços dos aplicativos.

Como funciona o golpe do WhatsApp?

Há diversos crimes e golpes sendo praticados por meio do WhatsApp e saber como se proteger é essencial. Este golpe, especificamente, é aplicado por criminosos que não precisam nem clonar o celular da vítima, mas o prejuízo pode acontecer mesmo assim.

O criminoso compra um chip de celular nova e, se passando por você, inclusive com a sua foto, começa a chamar os seus familiares e amigos pedindo dinheiro. Na conversa o farsante sabe inclusive qual o grau de parentesco com quem está conversando, por exemplo.

Sendo possível que chame parentes mais próximos como mãe, pai, tios, entre outros. Se passando por você e com um número diferente, o criminoso pede dinheiro emprestado, dando uma explicação pela troca de número de celular.

O pedido de dinheiro muitas vezes vem acompanhado de um relato de uma suposta dificuldade de realizar uma transferência, do tipo ” mãe, transfere dinheiro para essa conta que eu estou devendo e no final do dia eu te devolvo.”


Sem desconfiar, a sua mãe pode transferir o dinheiro, por exemplo. Só que na realidade o número nunca foi seu e nem sabe de quem é a conta, os valores vão diretamente para conta de um dos integrantes da quadrilha.

Ao contrário também é possível, um amigo ou parente pedir dinheiro emprestado para você, com um número diferente. Em alguns casos, inclusive, o número pode ser até igual.

Neste caso o crime ainda é mais perigoso, com a clonagem do WhatsApp.
Como se proteger?

Se proteger desde tipo de crime é simples, embora seja necessário algumas adoções de medidas. O que você pode fazer é jamais transferir o dinheiro sem antes tentar falar com a pessoa por ligação, por exemplo, e confirmar se de fato não é um criminoso.

Para que seus amigos e familiares não caiam no golpe do WhatsApp, oriente para que sempre te liguem em caso de pedido em dinheiro ou combine sempre algum tipo de código.

Esse crime pode até parecer convincente, mas a informação pode fazer com que o número de pessoas que caem diminua. Também é importante que você realize a verificação em duas etapas do WhatsApp e jamais passe o seu código para ninguém.

Anote essas dicas e compartilhe esta notícia para que mais pessoas saibam como não cair no golpe do WhatsApp.

Postar um comentário

0 Comentários