Cresce na internet a campanha para que o Amapá não reeleja Alcolumbre (veja o vídeo)



Foto: Agência Brasil


A hashtag “Alcolumbre Desempregado 2023” está atualmente entre os assuntos mais comentados no Brasil.

O fim político do ex-presidente do Senado parece estar próximo.

O ápice da revolta contra o senador amapaense é motivado pela recusa dele, na condição de presidente da CCJ do Senado, de marcar a sabatina de André Mendonça, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal.

Um verdadeiro, inexplicável e inconcebível ato de ‘chantagem’ política.

Ademais, para piorar a situação, um episódio envolvendo Alcolumbre com a suposta amante de um desembargador do Amapá veio à tona nos últimos dias.

Com o seu mandato prestes a terminar, a situação de Alcolumbre é a pior possível.

A rigor, ele julgou-se acima do que é e pagará um preço tão alto quanto foi a sua presunção.

Alcolumbre segue o caminho de Maia e caminha para o suicídio político.

Veja o vídeo:

Postar um comentário

0 Comentários