Bomba: Deputado Luiz Miranda e irmão faziam parte de um plano com Renan Calheiros para derrubar Bolsonaro, segundo revista






Terra Brasil Notícias


Com a desconfiança da súbita denúncia do deputado federal Luiz Miranda contra o governo federal, apoiadores do governo passaram a seguir os passos do deputado e do irmão, segundo reportagem da revista VEJA, tudo fazia parte de uma armação com o senador Renan Calheiros e a oitava dos irmãos Miranda foi combinada com antecedência em uma reunião com alguns integrantes da CPI.

Miranda estava conspirando com os senadores Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI, e Omar Aziz (PSD-AM), presidente da comissão, para derrubar o governo.

Após o caso vir à tona, o deputado negou relação com Calheiros e Aziz e declarou que só os conheceu às vésperas do depoimento na CPI. A VEJA ele disse que vai acionar a Polícia Federal para investigar a “arapongagem” que na gíria policial significa espionagem.
A situação da CPI do covid cada dia piora e mostra que muitos interesses escusas estavam por trás da comissão parlamentar de inquérito do Senado.

Postar um comentário

0 Comentários