Minha solidariedade à Nise Yamaguchi🌹, uma voz da razão lançada no meio dos que um dia foram seres humanos.




Vídeo:

Médicos publicam nota em defesa da médica Nise Yamaguchi

O grupo Médicos pela Vida, que em fevereiro deste ano publicou um manifesto a favor da continuidade dos estudos e do uso do tratamento precoce contra a Covid-19, divulgou nesta terça-feira (1º) uma nota de repúdio à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid e em defesa da médica Nise Yamaguchi. A oncologista participou de sessão da Comissão como convidada, mas teve sua fala interrompida várias vezes pelos senadores, com palavras ásperas e críticas a opiniões respaldadas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

>> NOVIDADE: faça parte do nosso canal no Telegram: https://t.me/joinchat/dnHqpcbNSdo3ZGNh

"A Dra. Nise Yamaguchi tem sido boicotada o tempo todo na sessão, através de interrupções constantes nas suas respostas, sendo impedida, desta maneira, de pontuar objetivamente as perguntas, explicar detalhadamente as ações e os tratamentos contra a Covid-19. Uma ação aparentemente orquestrada por alguns Senadores, sem precedentes. Maneira bem diferente daquela direcionada a determinados depoentes, tratados como 'damas'. Aliás, não é a primeira vez que uma 'Mulher Médica' é tratada de forma imprópria nesta CPI", escreveram os médicos, citando o depoimento de Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e de Educação na Saúde do Ministério da Saúde, que também foi tratada com desrespeito em seu depoimento à CPI.

Tanto Nise Yamagushi quanto Mayra Pinheiro continuam defendendo o chamado "tratamento precoce", ou seja, o uso de um coquetel de medicamentos na fase inicial da Covid-19, cujas evidências não são ainda definitivas. De fato, há estudos que sugerem que esses medicamentos não funcionam, como uma pesquisa importante do British Medical Journal. Mas também há pesquisas apontando o contrário. Por isso, o Conselho Federal de Medicina (CFM) se negou a proibir o uso desses remédios e condenou o uso político do tema. Recentemente, entidades médicas desaprovaram nota da Associação Médica Brasileira (AMB), que pedia o banimento do tratamento precoce, postura considerada por elas como anticientífica.

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/medicos-publicam-nota-em-defesa-a-medica-nise-yamaguchi/ 

Postar um comentário

0 Comentários