Secretário bolsonarista na Cultura admite que anda armado

 



André Porciúncula, secretário do Ministério da Cultura, rebateu as críticas de que o fato dele ir trabalhar armado constrange os funcionários da pasta e confirmou que realmente carrega a arma na cintura.

“Ando armado porque, além de ainda ser capitão, estou investigando o mau uso de bilhões de reais da lei Rouanet. Esquemas de corrupção envolvendo gente bem perigosa”, escreveu ele em seu Twitter. Informa o blog esquerdista Diário do Centro do Mundo..

Postar um comentário

0 Comentários