Para Kalil a culpa pela disseminação do coronavírus e de diaristas e faxineiras

 Pressionado por diversos empresários, Kalil tomou decisão sobre a reabertura do comércio não essencial.

Kalil atirou no lombo de faxineiras e diaristas a responsabilidade pela disseminação do coronavírus, e não aos ônibus lotados. Disse que estudos apontam neste sentido. Serão os mesmos estudos que embasaram o fechamento da cidade com índices inferiores aos do presente, diz a Matéria do Estado de Minas.

No último sábado (17/04), BH foi uma das cidades a deixar a onda roxa do plano Minas Consciente, do governo estadual. A fase mais restritiva do programa estadual  obriga que os municípios permitam o funcionamento somente de serviços essenciais.

Postar um comentário

0 Comentários