Ives Gandra Filho volta a ter seu nome cogitado para vaga no STF

Ives Gandra Filho volta a ter seu nome cogitado para vaga no STF
Ele é admirado pelo saber jurídico, perfil conservador e por ser 'terrivelmente' cristão


O nome do ministro Ives Gandra Martins Filho, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), do qual já foi presidente, voltou a circular fortemente para o lugar do ministro Marco Aurélio, que atingirá a idade limite de 75 anos em julho.

Gandra Filho é admirado pelo saber jurídico, seu perfil conservador, por sua decência pessoal e pela condição de alguém terrivelmente cristão.

Católico, há anos ele fez voto de pobreza e passou a viver em um quarto simples de uma casa paroquial, em Brasília. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.


Postar um comentário

0 Comentários