Hermeto alerta sobre Semana de Mobilização Nacional para Busca e Defesa da Criança Desaparecida

Por Larrisa do Vale

Parlamentar propõe uso de tecnologia de reconhecimento facial para ajudar a encontrar vítimas


Começa hoje (25) e vai até dia 31 de março a Semana de Mobilização Nacional para Busca e Defesa da Criança Desaparecida, instituída pela Lei Federal 12.393/2011.

O objetivo é conscientizar a sociedade sobre o fenômeno de desaparecimento de crianças. Além disso, são realizadas ações que buscam mobilizar a população para a necessidade de registrar os desaparecimentos no Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas.

E se toda criança fizesse parte de um banco de dados que faria o seu reconhecimento facial em caso de desaparecimento?

Esta é a proposta do Projeto de Lei 1649/2020 protocolado pelo deputado distrital Hermeto (MDB), líder de governo.

O parlamentar, que já é autor da Lei que estabelece regras para o uso da tecnologia de Reconhecimento Facial aqui no Distrito Federal, agora propôs que esta ferramenta seja utilizada também para criar um banco de dados para a prevenção ao desaparecimento de crianças e adolescentes.

“Depois que criamos a Lei TRF (Tecnologia de Reconhecimento Facial), enxergamos outras utilidades para essa tecnologia. Além de auxiliar as forças de segurança na captura de fugitivos e foragidos, podemos usá-la também para localizar pessoas desaparecidas. A criação de um banco de dados de reconhecimento facial e digital de crianças e adolescentes desaparecidos vai prevenir e combater crimes de exploração sexual, tráfico de pessoas, entre outras coisas”, ratifica Hermeto

Prevenção ao desaparecimento

Para que esse número não aumente cada vez mais, é preciso um trabalho de prevenção, feito principalmente dentro de casa. É necessário que os pais tenham um canal de diálogo aberto com seus filhos e possam passar a eles todas as orientações necessárias para evitar correr risco na rua, como:

–  Não falar com estranhos e evitar qualquer comida ou objeto que venha deles;

–  Saber o endereço, telefone e nome dos pais de cor;

–  Saber para onde ligar em caso de perigo.

Disque Direitos Humanos – 100

O Disque 100, além de ser um canal de denúncia de violações de direitos humanos constitui-se também em uma ferramenta que auxilia na localização de crianças e adolescentes desaparecidos.

Por meio do Dique 100 é possível informar o desaparecimento de uma criança ou adolescente ou mesmo prestar informações sobre a localização. O Disque 100 encaminha a informação para os órgãos competentes para que as devidas providências sejam tomadas.

A ligação é gratuita e  você não precisa informar seus dados caso não queira. O serviço está disponível 24 horas, 07 dias por semana. 

Em caso de desaparecimento, a família deve procurar imediatamente uma delegacia de Polícia Civil para fazer o Boletim de Ocorrência. No site www.desaparecidos.gov.br qualquer pessoa consegue registrar o desaparecimento de uma criança ou adolescente.

Postar um comentário

0 Comentários