Bolsonaro pede exclusão de policiais da PEC Emergencial






Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro admitiu há pouco que pediu ao relator da PEC Emergencial na Câmara, Daniel Freitas (PSL-SC), a exclusão dos profissionais de segurança pública do texto que será votado esta semana pelos deputados.

De acordo com Bolsonaro, caso a mudança não seja feita, a PEC corre o risco de não ser aprovada. “A bancada da segurança, são mais de 150 parlamentares, queria mudanças e, da minha parte, falei com o relator, que é soberano, que poderia correr o risco de não aprovar se não mexesse em três artigos. Eram cinco, passamos pra três”, disse Bolsonaro, em referência a trechos que falam sobre o congelamento de salários e contratações. 

Fonte: O Antagonista 

Postar um comentário

4 Comentários

  1. Hermeto pior Deputado da história da PMDF. Só pra lembrar

    ResponderExcluir
  2. Só pra lembrar. Hermeto pior Deputado da história da PMDF

    ResponderExcluir
  3. O que deixaremos de ganhar caso os profissionais da segurança continuem na lista de "atingidos" da pec?

    ResponderExcluir
  4. O que deixaremos de ganhar caso os profissionais da segurança continuem na lista de "atingidos" da pec?

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.