ARARAQUARA CRIA ‘UNIDADE DE QUARENTENA’ PARA ABRIGAR MORADORES COM COVID-19


Em Araraquara, a secretaria municipal de saúde iniciará a operação de uma “Unidade de Quarentena” para abrigar moradores que estão infectados pela Covid-19 e que não podem cumprir o isolamento obrigatório de 14 dias em suas casas.

A unidade conta com 44 vagas que estão divididas em alas feminina e masculina, funcionará nas dependências de antigo motel, na Chácara Flora. Para que a prefeitura não tenha custos com o aluguel, foi assinado um contrato de cessão de espaço.

Conforme as informações da prefeitura, as pessoas abrigadas vão receber alimentação e visitas diárias das equipes médicas da Secretaria de Saúde para acompanharem a evolução clínica.

Eliana Honain, Secretária Municipal de saúde, afirmou que o objetivo é auxiliar as pessoas que testaram positivo para Covid-19 e que não têm condições de cumprir o isolamento, colocando em risco a contaminação de seus familiares.

“O intuito é alojar, durante o período de quarentena, esses positivados que residem com muitas pessoas, num espaço pequeno, e que acabam colocando em risco seus familiares, transmitindo o vírus dentro de casa”, explicou.

A secretária informou que as equipes que orientam as pessoas sobre a quarentena e cobram o cumprimento, constatam diariamente doente “furando o isolamento” e recebem denúncias de vizinhos sobre a pessoa infectada que não deixa de circular pela rua. Em sua ótica, a “Unidade de Quarentena” vai auxiliar nessa questão.

“A unidade de quarentena complementa o trabalho de enfrentamento e de contenção da transmissão do vírus entre positivados e familiares. Temos muitos casos de contaminação entre pessoas do mesmo círculo familiar. Já na primeira visita da equipe de Saúde ao positivado, se for constatada necessidade de um alojamento adequado para o cumprimento da quarentena, ele já vai ser informado e poderá optar pela estadia na nossa unidade de quarentena”, complementou.

Postar um comentário

0 Comentários