INCANSÁVEIS | Polícia Militar retira das ruas do124 armas de fogo no primeiro mês de 2021



Do dia 1º ao dia 31 de janeiro de 2021, a Polícia Militar do Distrito Federal tirou de circulação 124 armas de fogo em operações realizadas na maioria das regiões administrativas do DF


Um dos principais pilares do combate à criminalidade e preservação de vidas é a apreensão de armas de fogo irregulares que vem sendo feita pela Polícia Militar do Distrito Federal.

Até o último dia do mês de janeiro, encerrado neste domingo (31), a PMDF recolheu das ruas 124 armas de fogo, segundo informou a Corporação Militar nesta segunda-feira (1ª).

Durante as abordagens policiais, ocorridas no sábado e ontem, a PMDF aprendeu 17 armas de fogo nas mãos de criminosos em várias regiões administrativas do Distrito Federal.

A maioria do armamento foi apreendida em São Sebastião e na Estrutural.

De acordo com as informações da PMDF, em São Sebastião os policiais apreenderam dois revólveres, uma espingarda e uma pistola 9mm.

Os revólveres foram localizados em uma residência no Residencial Morro da Cruz.

Lá, a PM também apreendeu munição e grande quantidade de drogas. A espingarda e a pistola foram apreendidas em um ponto de bloqueio na DF 130.

Na Estrutural, a PM desmontou uma fábrica clandestina de arma de fogo artesanal e prenderam um homem de 54 anos que confessou ser o dono.

No local a PM também apreendeu chumbo e pólvora usados para fabricar munição.

Em Samambaia, a PM prendeu dois homens armados com um revólver na QR 409 e deteve outro homem com uma pistola 938 na QR 511.

Na rota da PM foram ainda aprendidos sete revólveres em Taguatinga, Gama, Sobradinho, Ceilândia, Brazlândia, Riacho Fundo 1 e Recanto das Emas, um em cada região administrativa.

No Paranoá, os militares apreenderam uma espingarda.

A apreensão ocorrida nos últimos 30 dias, faz parte da estratégia da PM de recolher armas de fogo clandestinas, de tirar de circulação os criminosos e evitar crimes violentos.

Em janeiro, a PM apreendeu 124 armas de fogo no DF.

Postar um comentário

0 Comentários