"Continuamos trabalhando com o mundo real" disse presidente da ANVISA sobre políticos que estão fixando prazos para vacinar a pupulação

Anônio Barra - Presidente da ANVISA



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reforçou que só libera o uso da vacina após a análise de diversos documentos. 

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, declarou:  

“Nenhuma das quatro vacinas em desenvolvimento no Brasil apresentou protocolo de registro. Portanto nenhuma das quatro tem aval da Anvisa para uso amplo neste momento. Não temos protocolos para serem analisados.” 

Barra Torres acrescentou: 

“Nós temos buscado nos manter completamente fora de qualquer discussão não científica, principalmente fora das discussões políticas.” 

E, sem citar o nome de Doria, completou: 

“Agora, estamos diante da atribuição de prazos. Nos mantemos à parte dessa questão de estabelecer prazos. Se consultarem minhas entrevistas anteriores, sempre disse ter esperança de ter a vacina no primeiro semestre de 2021, mas nunca fixei um mês e muito menos um dia. Para os que fazem, eu desejo boa sorte. Enquanto isso, continuamos trabalhando com o mundo real, que é o mundo científico.” 

Com informações do RENOVAMÍDIA 

Postar um comentário

0 Comentários