Médica Canadense defende uso de máscaras para fazer sexo

 Deixe de beijar e considere usar máscara ao fazer sexo para se proteger de contrair o coronavírus, disse o médico-chefe do Canadá na quarta-feira, acrescentando que ir sozinho continua sendo a opção sexual de menor risco em uma pandemia. 

A Dra. Theresa Tam disse em um comunicado que há poucas chances de contrair COVID-19 no sêmen ou fluido vaginal, mas a atividade sexual com novos parceiros aumenta o risco de contrair o vírus, especialmente se houver contato próximo como beijar. "Como outras atividades durante o COVID-19 que envolvem proximidade física, existem algumas coisas que você pode fazer para minimizar o risco de se infectar e espalhar o vírus", disse ela a agência Reuters

Postar um comentário

0 Comentários