Joe Biden ameaça impor sanções ao Brasil por queimadas na Amazônia

Durante o primeiro debate entre Donald Trump e Joe Biden, na noite desta terça-feira (29), o representante do Partido Democrata citou o Brasil durante o tópico sobre as mudanças climáticas.

Biden afirmou que, caso eleito, fará uma coalizão internacional para destinar US$ 20 bilhões ao governo Bolsonaro.

A quantia, segundo o candidato, deverá ser destinada à preservação do bioma.
“A floresta tropical do Brasil está sendo derrubada, arrancada. Aquela floresta absorve mais carbono do que todo o carbono emitido pelos Estados Unidos. Eu reuniria vários países, levantaria 20 bilhões de dólares, e diria: ‘Aqui estão 20 bilhões de dólares, parem de desmatar a floresta'”.

A promessa de solidariedade, contudo, se transformou em ameaça: “E, se não pararem [com as queimadas], terão consequências econômicas”, disse.

VEJA

Após a declaração de Biden, que repercutiu entre os brasileiros nas redes sociais, o assessor especial do presidente Jair Bolsonaro para Assuntos Internacionais realizou uma publicação no Twitter.

“Nenhum dinheiro do mundo pode comprar nossa liberdade e nossa soberania. Boa noite a todos!”, escreveu. 


Fonte: Conexão Politica

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Velhos políticos caqueticos já temos bastante por aqui, inclusive no STF, ok... eles não eram politicos, mas agora são..

    ResponderExcluir
  2. Esse tal de Bidel nem vai ser eleito , E já começa falar asneiras; fica no teu canto, o presidente Bolsonaro já mandou o recado; a Amazônia é do Brasil ok?

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.