Ministro █████████ ██ ██████ diz que “toda tirania deve ser afastada, inclusive a tirania da maioria que elege o Executivo e o Congresso”


Em mais uma defesa da democracia, ministro não eleito democraticamente defende que ███ não deve permitir que maioria eleita no Congresso seja tirana
O ministro do ███, Sua Excelência █████████ ██ ██████, mostrou novamente em uma live o seu empenho em defender o Estadodemocráticodedireito dos intolerantes que tiranicamente são eleitos em ações antidemocráticas.
De acordo com o ministro, o sagrado ███ tem a função de “mediador de conflitos entre os entes federativos e os Poderes”, função que não está na Constituição, mas foi decidida democraticamente pelo próprio e sagrado ███, portanto o Estadodemocráticodedireito está garantido e protegido pelo ███.
Sua Excelência também destacou que tem distribuído direitos pelo Brasil, como tornar crime sem ajuda do Legislativo algo impreciso como a “homofobia”, o que aumentou os direitos mais fundamentais no país democraticamente.
█████████ foi ainda mais democrático e defensor da democracia ao declarar que “toda tirania deve ser afastada, inclusive a tirania da maioria que elege o Executivo e o Congresso Nacional” em nome da perpetuidade do regime democrático.
Democraticamente, █████████ ██ ██████ mostrou que, numa democracia verdadeiramente democrática, ninguém pode se eleger e formar maiorias representativas e “discriminar, perseguir ou ignorar” direitos alheios.
O que nos dá airosas esperanças de que nunca seremos perseguidos, discriminados ou teremos direitos ignorados caso democraticamente, data maxima venia, não estivermos, por exemplo, em estrito acordo com a maioria do tribunal ███, que não é eleito democraticamente, mas é o maior defensor da democracia e do Estadodemocráticodedireito e combate quem não é democrático, por serem tiranos, a despeito de qualquer maioria democraticamente eleita.

Postar um comentário

0 Comentários