Governo Bolsonaro reduz compra de espaço publicitário da Globo em 60%

Entre as diversas promessas de campanha do presidente Jair Bolsonaro, uma das principais era deixar de abastecer os cofres do grupo Globo de Comunicação com dinheiro público. A edição impressa da Folha de S. Paulo desta quarta-feira (12) traz uma matéria que aponta que a Globo teve a sua cota reduzida e a Record e SBT foram contempladas com mais campanhas publicitárias do governo federal.
De acordo com a Folha, um levantamento feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU) indica a falta de critério técnico na mudança da divisão das verbas oficiais investidas nas principais emissoras do País.
A TV carioca foi a que mais perdeu. Apesar de se manter como primeira colocada no quesito audiência, com média diária de público maior do que RecordTV e SBT juntos, a Globo teve a participação reduzida de 39% para 16%, queda de quase 60% na comparação entre 2018 (sob a gestão de Michel Temer) e 2019 (ano do primeiro mandato de Jair Bolsonaro).
No mesmo período, o investimento de publicidade oficial da Secom (Secretaria de Comunicação da Presidência) na RecordTV subiu de 31% para 43% do valor aplicado. O SBT viu a verba aumentar de 30% para 41%. Os respectivos donos dessas TVs, Edir Macedo e Silvio Santos, são próximos do governo Bolsonaro.
Nos bastidores, considera-se que a ida do deputado Fabio Faria (PSD), que é genro de Silvio Santos, para o Ministério das Comunicações tem como objetivo aparar as arestas com o grupo Globo e estabelecer uma relação mais amistosa. No entanto, a Globo não está propensa a dar trégua ao capitão e a família presidencial.
Nesse quesito, Bolsonaro vem demonstrando que está levando a melhor já que as coisas não andam nada bem com o grupo que está demitindo profissionais antigos e estrelados devido aos altos salários e pouca produtividade. As baixas na Globo estão ocorrendo em todos os setores.
Da Redação com informações do Portal Terra e do Expressão Brasiliense

Postar um comentário

1 Comentários

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.