Governo encomenda 100 milhões de unidades da vacina de Oxford; 1º lote chega em dezembro

 

© Isac Nóbrega/PR
Em entrevista à CNN Brasil na tarde desta terça-feira (28), o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, afirmou que o governo Bolsonaro já encomendou 100 milhões de doses da vacina de Oxford contra a covid-19.
A vacina está na terceira e última fase de testes. Caso a imunização se comprove eficaz e segura, o primeiro lote deve chegar ao Brasil em dezembro.
“Nessa encomenda está previsto o primeiro lote, para chegar em dezembro, e o segundo lote em janeiro. Muito em breve, se tudo der certo, nós teremos a vacina em dezembro com a ajuda de Deus e o esforço e trabalho de toda comunidade científica”, disse.
De acordo com o secretário, serão 15 milhões de unidades em dezembro e mais 15 milhões em janeiro.
O restante, ou seja, as outras 70 milhões, chegarão ao país em lotes sequenciais a partir de março.
Correia de Medeiros ressaltou que o Brasil tem a vantagem de poder produzir a vacina em território nacional, na fábrica Bio-Manguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz.

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Mesmo assim,eu não tomarei essa vacina; venha de onde vier; pois eu nunca tomei uma vacina: nem essa tal da vacina da gripe; por tanto, eu ñ preciso de vacina para sobreviver!!

    ResponderExcluir
  2. A vacina pode vir de onde vier; mesmo assim eu não tomarei!! Pois com 67 anos nunca tomei uma vacina ; não será agora q irei tomar!!

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.