Estadão, Globo, UOL, Atila e outros espalham fake news sobre EUA ter comprado “todas” as vacinas da Pfizer

Fato foi ignorado por agências de fact-checking, mas nós averiguamos: não, Trump não mandou comprar 100% das vacinas da Pfizer e BioNTech


Trump anunciou na última semana que iria investir 2 bilhões de dólares para adquirir 100 milhões de doses de vacinas contra Covid-19 das empresas Pfizer e BioNTech.
A mídia brasileira e “influencers” saíram gritando aos quatros cantos que o presidente americano havia comprado “todas as vacinas“. Atila Iamarino aproveitou para discursar sobre o ego dos americanos por não dispor vacinas para o resto do mundo. Veja as afirmações abaixo:
Notícias da grande mídia
No entanto, a empresa que está produzindo as vacinas esclareceu em nota que o governo dos EUA não comprou todas as doses. Leia a nota abaixo:
Em relação ao acordo entre Pfizer, BioNTech e o Governo Norte-Americano para a futura disponibilização da vacina contra a covid-19 em todo mundo, a Pfizer esclarece:
– O governo norte-americano não comprou todas as doses que serão produzidas em 2020.
– O acordo estabelecido prevê uma compra inicial de 100 milhões de doses, seguida por uma compra de 500 milhões de unidades, com entregas a serem realizadas ao longo de 2020/2021.
– A Pfizer estima ter uma produção de 1.3 bilhão de doses entre 2020 e 2021.
– A companhia está em contato com os governos de todo o mundo, incluindo o Brasil, para disponibilizar sua futura vacina à população.
Julho de 2020
Pfizer Brasil


Postar um comentário

0 Comentários