Cuba usa hidroxicloroquina no tratamento precoce do COVID-19



Agustín Lage Dávila, assessor do presidente da BioCubaFarma e ex-diretor do Centro de Imunologia Molecular de Havana, disse à Agência Anadolu que a hidroxicloroquina é usada em Cuba como parte do protocolo para o tratamento de pacientes com coronavírus. Segundo o relatório, as autoridades de saúde cubanas aplicam baixas doses do medicamento antimalárico para tratar efetivamente pacientes com COVID-19 nos estágios iniciais da doença. 

"Estamos cientes das controvérsias em torno deste produto", disse o Dr. Agustín Lage à Anadolu. Os médicos aqui, acrescentou, na maioria das vezes, têm uma boa opinião dos resultados alcançados, desde que o medicamento seja usado precocemente em doses baixas e apenas em pacientes sem comorbidades, o que pode ser complicado pela hidroxicloroquina.
Informa o site Cuba Periodistas.

Postar um comentário

0 Comentários