Aprovado projeto de lei normativo (PLN) que autoriza a recomposição salarial da segurança pública do DF

Próximo passo será a edição de uma MP(Medida provisória) estabelecendo os valores das referidas recomposições.

O reajuste virá antes da publicação do veto ao dispositivo que retira as forças de segurança do congelamento de salários dos servidores até dezembro de 2021 — contrapartida prevista no projeto de socorro aos estados e municípios. 


Em linhas gerais, o projeto de lei normativo (PLN) autoriza a recomposição salarial de todas as carreiras custeadas pela União por meio do Fundo Constitucional do Distrito Federal. O texto prevê um reajuste de 25% para integrantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros em cima de umagratificação e um aumento linear de 8% no valor do subsídio dos cargos das carreiras da Polícia Civil. O impacto orçamentário anual, estimado pelo ministério da Economia, será de R$ 505 milhões.

“A proposta é uma forma de reparar um erro técnico de dois anos atrás que prejudicou a categoria”, argumentou o relator, senador Eduardo Gomes, lembrando que, desde 2018, a categoria não recebe reajuste.

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Ainda bem que dizem reposição salarial e não aumento.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber sobre o PLP 029/2020.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei muito triste. Sou policial militar. Tenho 29 anos e 9 meses. Infelizmente não vou receber a Licença especial. O nosso direito foi retirado. O pecunio da licença não vamos recebe. Só 01 de janeiro de 2022.tenho que fica 1.7 mês a mais na pmdf total 31 anos e 7 meses na pm.pra adquirir aquilo que o nosso direito. Isto foi revoltante. A saída dos policiais estão em grande proporção.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.