Em delação, Cabral diz que comprou silêncio da Globo por R$ 80 milhões


Tiago Netto






Vagner Rosário

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, que acumula mais de 100 anos de prisão por crimes cometidos durante sua gestão no Palácio Guanabara, fechou acordo de delação premiada com a Polícia Federal e está tirando o sono de “muitos poderosos”.

Segundo informações do jornalista Augusto Nunes, a delação de Cabral contém um capítulo inteiro dedicado à Rede Globo.

“Segundo o ex-governador, o silêncio da Rede Globo custou pelo menos R$ 80 milhões, valor do acerto sem licitação que contemplou a Fundação Roberto Marinho com a gerência de estudos, projetos e desenvolvimento de conteúdo para a implantação de um vistoso equipamento cultural na cidade do Rio.


Ainda de acordo com Cabral, uma licitação fraudulenta permitiu à fundação indicar a construtora responsável pela obra.

Isso garantiu a proximidade do governante delinquente com a família Marinho, informam os depoimentos à Polícia Federal”, afirmou Augusto Nunes.

Postar um comentário

0 Comentários