Moro afirma que projeto de tablets para presidiários ainda está em estudo




O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que o projeto de ceder tablets para presidiários se comunicarem com familiares durante período de pandemia pelo coronavírus ainda está em estudo.
“Esse projeto ainda está em estudo e tem por propósito facilitar visitas virtuais de familiares aos presos, em contexto com coronavírus ou sem”, explicou.

De acordo com Moro, não será um tablet por preso, nem o equipamento será deixado com o preso para ser usado como telefone. “Como disse, em estudo”, declarou o Ministro a site Terça livre


Postar um comentário

0 Comentários