Tratamento com hidroxicloroquina e azitromicina tem sucesso em mais de 50 pacientes da Prevent Senior



A rede do plano de saúde Prevent Senior iniciou na semana passada o protocolo de uso da hidroxicloroquina associada à azitromicina para pacientes com a Covid-19. Em entrevista a O Antagonista, o diretor-executivo Pedro Benedito Batista Júnior revelou que o tratamento teve sucesso em mais de 50 pacientes.
“Pacientes que entraram na terapia e estavam já em entubação apresentaram melhora e alguns já foram extubados. Da mesma maneira, tivemos mais de 50 pacientes positivos que internaram, iniciaram o tratamento, os sintomas foram controlados e agora estão em domicílio”, diz.

Batista Júnior explica que a maior parte dos pacientes apresentavam comprometimento de até 25% da capacidade respiratória e, em outros, o dano já era superior (entre 25% e 50%). Além de febre, eles apresentavam dispneia – dificuldade de respirar.

“O problema da Covid-19 é que os primeiros sintomas ocorrem já no pico máximo da inflamação. A gente introduz a hidroxicloroquina para conter essa ‘tempestade inflamatória’ no organismo. O que ela faz? Eleva o pH do meio celular e impede que a membrada do vírus possa se acoplar à membrana da célula saudável e jogar para dentro dela todo o seu RNA, e a partir daí se replicar.”

A azitromicina, segundo o médico, é usada para “frear alguma outra infecção oportunista, estabilizando a imunidade do paciente”.

Postar um comentário

0 Comentários