Serviço militar para mulheres: votação é adiada em comissão do Senado


O projeto que prevê que mulheres possam prestar o serviço militar de forma voluntária (PLS 213/2015) , hoje exclusivo para homens, teve uma rodada de debates na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) nesta terça-feira (3). O relator, senador Esperidião Amin (PP-SC), apresentou relatório contrário ao projeto por conta do impacto possível no Orçamento das Forças Armadas. A senadora Kátia Abreu (PDT-TO), no entanto, contestou o voto do relator, por entender que as mulheres devem ter o direito a optar pelo serviço militar. O senador Reguffe (Podemos-DF) acompanhou o argumento da colega por entender que, com previsão orçamentária adequada, não haveria razão para a rejeição da proposta. Assim, a votação do projeto ficou para a semana seguinte, quando Esperidião Amin pode apresentar um novo relatório. Saiba mais na reportagem de Dinalva Ferreira, da TV Senado.


Fonte: Agência Senado

Postar um comentário

0 Comentários