Paulo Guedes não descarta reduzir salários de servidor público



Ministério da Economia, chefiado por Paulo Guedes, não descarta corte de salários de servidores públicos federais, informou a pasta nesta quinta-feira (19). A jornada de trabalho também seria reduzida, na mesma proporção.

De acordo com o Metrópoles o secretário-executivo da pasta, Marcelo Pacheco dos Guaranys, disse que o governo federal “estuda todas as possibilidades” para racionalizar recursos da União.

''A gente tem tentado estudar diversas medidas, tentando atacar as coisas mais prioritárias e, para isso, alguns gastos de fato estão sendo feitos. Todas as medidas fiscais vão ser pensadas para racionalizar recursos vão ser pensadas durante esse processo. Estamos estudando todas as possibilidades'', justificou. A medida poderia valer até o fim do estado de calamidade pública decretado por Bolsonaro, 31 de dezembro.

 Para a iniciativa privada, o governo já havia informado que pretende autorizar a redução salarial e da jornada de trabalho. Férias coletivas e individuais também estão entre as medidas já anunciadas.

Postar um comentário

0 Comentários