Liberais e isentões, ex-ministros e deputados sentem o golpe das manifestações de 15 de março e pedem que Bolsonaro deixe a Presidência da República


A deputada paulista Janaína Paschoal (PSL) afirmou em vídeo que o presidente da República, Jair Bolsonaro, cometeu um crime ao participar das manifestações no último domingo (15). Segundo sua excelência: “Quando as autoridades têm o poder/dever de tomar providências para evitar um resultado danoso e assim não procedem, elas respondem por esse resultado. Isso é homicídio doloso”. Para Janaína, Bolsonaro deve se afastar por vontade própria e entregar a Presidência ao General Hamilton Mourão. "Não temos tempo para um impeachment", disse. 
Miguel Reale Jr., jurista e ex-ministro do governo FHC, afirmou em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo que o Presidente da República deve ser avaliado por uma junta médica que avaliará suas capacidades mentais. O ex-ministro defende que o Ministério Público deve submeter o presidente a exame para avaliar sua "sanidade mental para o exercício da profissão". 
Assim como Janaína, Miguel Reale Jr. se diz contrário a um processo de impeachment. "O impeachment é um processo muito doloroso", declarou. 
A Redação do Brasil Sem Medo repudia esse posicionamento tacanho e politiqueiro. Se há crime de dolo ou insanidade, acionem o processo de impeachment. Se não o fazem não é por amor ao Brasil, mas por simplesmente ser impossível e desmedido.
A deputada que chorou após o impeachment de Dilma Rousseff (PT), e que se diz defensora da Constituição, deveria pensar melhor antes de imputar algo como um homicídio doloso a um homem honesto. Miguel Reale Júnior tem como fato de grande relevância a ascendência genética de um dos maiores juristas do país. Miguel Reale, o pai, que nos desculpe, mas exame de sanidade mental só mesmo no ex-ministro de FHC.
 Matéria do BRASIL SEM MEDO

Postar um comentário

1 Comentários

  1. A sanidade mental que deve ser avaliada é a sua Janaína. A politica está mexendo com sua cabeça.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.