Ano Legislativo se inicia. PMDF e CBMDF, é hora de mobilização.



Tem início hoje o ano legislativo com abertura dos trabalhos na Câmara Federal e local. Então, está na hora de retomarmos as mobilizações pelo reajuste, plano de carreira e atendimento de saúde.

A proposta de reajuste (PLN 01/2020), encaminhada pelo Excelentíssimo Presidente Jair Bolsonaro, existe e nos contempla (PMDF E CBMDF) graças aos esforços do Ministro Jorge, do ex-deputado Alberto Fraga, Fórum de associações, e lideranças políticas atuantes (mesmo sem mandato atuam ativamente). 

Quanto ao plano de carreira, o nobre Distrital  Deputado João Hermeto deve apresentar nos próximos meses uma proposta de alteração na lei 12086, alterando pontos essenciais quanto ao fluxo e ascensão profissional, e outras questões relevantes abrangidos pela  Lei 10486/02 e 11.134/05. Obviamente que são questões que atingem principalmente os policiais da ativa e com tempo para usufruir as benesses de uma nova legislação de carreira. Alguns pontos devem abranger os inativos. Aguardemos...

O atendimento de saúde na PMDF é um grande problema. Aguardamos há um bom tempo a implantação da O.S, ainda em estudo. O governador propôs até que nosso hospital fosse compartilhado com outros servidores do GDF, o que causou um mal estar geral na corporação. Assim, é urgente que este ano tenhamos uma definição clara do que pode ser feito para melhorar o atendimento médico da corporação, bem como no atendimento de emergência e urgência. Fato é que nossos gestores têm se empenhado em uma solução, política e orçamentária, e que traga eficiência aos atendimentos. 

Por fim, ficam alguns questionamentos nesse início de trabalhos legislativos, e de nossa mobilização:

1)      O governador vai se empenhar por um reajuste equitativo entre as forças de segurança ou vai insistir em tratamento diferenciado?

2)      O governo  do DF vai aceitar enviar uma proposta de alterações na carreira de policiais e bombeiros, ou se fará de cego e  surdo?

3)      O governo do DF continuará insistindo em empurrar nosso atendimento de saúde para o compartilhamento com outras categorias do GDF?

É preciso pontuar que somos servidores militares de segurança, mas extremamente politizados e atuantes. Foi graças a nossa mobilização, e das pessoas citadas acima que conseguimos reverter diversas situações que nos seriam prejudiciais.

Por Roner Gama

“Nada existe de tão difícil que não seja vencível.“ —  Julio César

Postar um comentário

0 Comentários