Nova ministra da segurança Argentina quer que policiais não portem armas fora de serviço


O nova Ministra da Segurança quer que a polícia não carregue armas depois do trabalho e definiu o que fará com os Tasers

Sabina Frederic avança com a revogação de protocolos promovidos por Patricia Bullrich.


Sabina Frederic assumiu o Ministério da Segurança e avança com as primeiras medidas de sua gestão, o que implicará uma mudança completa do paradigma do portfólio que ficou encarregado de Patricia Bullrich durante o macrismo.

Ela considerou que a administração anterior "exagerou" as políticas que ela executou e prometeu revisar protocolos, o uso de Tasers e suscitar o debate em torno de "drogas leves".

Além disso, ele quer que os policiais parem de carregar armas fora do horário de trabalho.


"Precisamos atualizar os protocolos para o uso racional da força e modificar as condições de serviço . A reciclagem é muito importante", afirmou ele em entrevista à Page 12.

Lá, ele apontou seu primeiro dardo para o protocolo de uso de armas de fogo promovido por Bullrich , que na época era questionado pelas organizações de oposição e direitos humanos.


Postar um comentário

0 Comentários