Toffoli desafiou o Congresso Nacional a legislar

No seu voto que decidiu a questão da prisão em segunda instância o ministro presidente do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli deixou mais claro do que a luz solar que se o Congresso Nacional não se sentir satisfeito com o entendimento do STF que refaça a legislação.

Em voto decisivo, o presidente do Supremo, Dias Toffoli, lembrou que o Congresso tem autonomia para mudar o entendimento que garante um acusado responder em liberdade até o fim da tramitação de um processo na Justiça.

A partir dessas ponderações podemos inferir que há implícito um desafio as casas legislativas

Vamos ver se o congresso nacional terá peito de encarar o desafio e fixar na constituição com clareza a prisão em segunda instância. 

Parece até piada esperar dos legisladores que simplesmente legislem.

Postar um comentário

0 Comentários