Carta aberta: Repúdio jornalismo inescrupuloso do portal Metrópoles


CARÍSSIMA E ESTIMADA SOCIEDADE BRASILIENSE E EM ESPECIAL AOS INTEGRANTES DO JORNAL METRÓPOLES.

Dentro de uma Instituição com mais de 10 mil profissionais na ativa é evidente que nem todos assimilam e cumpram seus deveres como a sociedade espera.

Assim como temos jornalistas envolvidos em esquemas escusos, pagando hackers para constranger os poderes da República, envolvidos com o crime organizado.

Infelizmente, temos policiais militares que cometem supostos desvios de conduta , que devem ser apurados e sancionados.

A Polícia Militar do Distrito Federal tem o menor índice de percepção de corrupção perante o público interno e externo, sendo referência nacional e possui um nível de letalidade menor que a polícia do Canadá.

A PMDF vem apresentando os melhores índices de produtividade entre carros recuperados, pessoas presas em flagrantes, menores infratores apreendidos, drogas apreendidas das últimas décadas.

O DF tem tido uma redução significativa de crimes violentos e o baixo nível de criminalidade da capital é incomparável em relação a realidade Nacional.

Mas, para o Jornal Metrópoles, um suposto  desvio de alguns profissionais dessa corporação, que sequer foi apurado, é motivo de achincalhamento público de toda a corporação.

Tratar um caso particular para realizar o julgamento da honra de toda uma instituição e de seus integrantes, só pode ser ignorância ou má intenção, afinal a quem interessa o enfraquecimento moral da Polícia Militar??? 

Sabemos essa resposta, meio século de doutrinação nas escolas, nas artes e universidades é capaz de transformar qualquer erro do Policial Militar em um crime contra a humanidade.

Querem divulgar nossas mazelas, sintam se livres e à vontade mas façam justiça, não criem ilações e impressões enviesadas com aqueles ÚNICOS que juram sacrificar a própria em defesa dos cidadãos dessa cidade.

A sociedade brasiliense não é mais tola e sabe muito bem a quem serve a defenestração da reputação da POLÍCIA MILITAR e de seus integrantes.

Repito, o erro de nossos profissionais não são tolerados nem mesmo por nós. Para isso temos os órgãos de controle e correição como o Ministério Publico e a nossa Corregedoria.  É injustiça de tentar colocar todos os Policiais Militares no balaio da falta de compromisso com a sociedade é uma falácia detestável.



Postar um comentário

0 Comentários