Assaltantes mortos pela vítima em SP (saidinha)

Na cidade de Jarinu, interior próximo da capital paulista, dois assaltantes foram "em ação". Um deles estava na "saidinha do Dia das Mães". O outro, havia sido solto em dezembro. Quando invadiram uma chácara e renderam uma mulher, o marido percebeu a ação e pegou sua arma, que é registrada, e atirou contra os dois, que agora moram em outro lugar, fora deste mundo.
O caso está sendo investigado. Embora para todos seja uma questão de legítima defesa, e não houve porte de arma, mas sim posse de arma registrada por parte do morador, ainda assim a legislação brasileira carece de profundas reformas, e a vítima ainda pode ser processada por ter abatido os dois marginais.
Foto divulgada pela Polícia
Airton Alvares, 10/05/2019, São Paulo, SP

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Se o proprietário não tivesse arma para responder à altura da agressividade dos dois marginais, provavelmente ele e a esposa estivessem sendo velados agora.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.