Novo chefe da casa Militar é aliado da comandante-geral da PM



Coronel Sheyla Sampaio Comandante-geral da PMDF. Foto: Reprodução.
Por Coluna Eixo Capital / CB
Vitória da comandante-geral da PMDF
A Casa Militar, que foi foco de tensões desde a transição, continua rendendo. O órgão que quase foi extinto teve a primeira baixa do alto escalão do governo Ibaneis Rocha. O governador limitou-se a dizer que “embates” levaram à troca. Nomeado no primeiro dia de janeiro, o coronel Júlio César Lima de Oliveira era um adversário da comandante-geral da PM, coronel Sheyla Sampaio, e defendia a escolha de um oficial mais antigo para a chefia da corporação. O novo chefe da Casa Militar, tenente-coronel Marcus Paulo Koboldt, por sua vez, é da turma de formação da coronel Sheyla. Sinal de que ela está conquistando espaço na área de segurança pública. A Casa Militar é considerada um cargo estratégico na PM, cujo chefe é uma pessoa que mantém relações próximas com o governador e sua família.

Postar um comentário

0 Comentários