Nos EUA, Moro assina acordos para o combate ao crime organizado

Pactos representam o início de troca de informações sobre casos e criminosos; ministro tem encontros marcados com autoridades americanas
Por Julia Braun, de Washington, D.C.


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (Michel Jesus/Câmara dos Deputados)

O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou nesta segunda-feira, 18, que assinará ainda hoje dois acordos de cooperação e troca de informações com os Estados Unidos para o combate ao crime organizado e a lavagem de dinheiro. Os entendimentos serão fechados com o FBI e com o Departamento de Segurança Nacional americano.

“Há pontos de união, de convergência e esses encontros, além desses acordos, contribuem para que nós possamos atuar mais rapidamente nessas áreas”, disse Moro a jornalistas em Washington, onde acompanha a visita oficial do presidente Jair Bolsonaroaos Estados Unidos. “Informação é tudo. (Os acordos) são sobre casos criminais, sobre criminosos”, afirmou.

Segundo o ministro, na medida que as informações estiverem disponíveis entre os dois países, “ganham o Brasil e os Estados Unidos’.

Os acordos de colaboração entre Brasil e EUA ainda dependerão de novas conversas para que sejam detalhados. Desta forma, mais do que ações específicas, marcam o início da retomada das conversas entre os dois países nessa área, que foi reduzida durante os governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Moro acompanhou o presidente nesta manhã em uma visita não programada à sede da CIA. Ele ainda tem almoço marcado com a secretária de Segurança Nacional, Kirstjen Nielsen, e reuniões com o Procurador-geral americano, William Barr, e o diretor do FBI, Christopher Wray.
Fonte: Veja.com



Postar um comentário

1 Comentários

  1. CFSD 1995 -18/03/2019 19:34

    O Governo Bolsonaro, em algum momento vai ter que lançar mão de alguma atitude heterodoxa para fazer valer o desejo do povo que o colocou lá, para combater o crime organizado, que está entranhado até mesmo no Judiciário, como já disse a ex-Ministra do STJ Eliana Cálmon, a qual afirmou e repetiu que "há bandidos atrás da toga!"
    Nesse vídeo que coloco o link abaixo, ela afirma que a Lava Jato não vai chegar nos juízes, porque os advogados dos réus não deixam que estes delatem juízes, por medo de não conseguirem o que querem nos acordos de delação, e também que há uma proteção dentro do Judiciário para não investigar magistrados corruptos.
    Eis o LINK DO VÍDEO com a MINISTRA APOSENTADA DO STJ, ELIANA CALMON:
    https://www.youtube.com/watch?v=Ya1VdnrqG8E

    Obs.: é só copiar o link e colar em seu navegador.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.