Hermeto e fórum das associações entregam a proposta


Na manhã desta terça-feira (12) que, o Distrital Hermeto (MDB) e o Fórum das associações dos militares do DF, entregaram uma proposta de reajuste ao secretário de fazenda André Clemente

A proposta consiste em incorporação do auxílio-moradia ao soldo e os mesmos 37% concedidos a polícia civil dividido em 6 parcelas.
Seriam duas de 5% este ano; duas de 6,5% em 2020; e duas de 7,5% a serem pagas em 2021

No encontro Hermeto ressaltou:

 Não haverá tratamento desigual e que os mesmos percentuais de reajustes deverão ser concedidos a todas as categorias da segurança pública sem discriminação alguma.

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Não era para entregar ao governador ? André Clemente ? Quem e esse no jogo do Inganes

    ResponderExcluir
  2. CFSD DÉCADA DE 9012/03/2019 17:32

    E o governador fez questão de não receber os representantes da PMDF/BMDF, mas apenas enviar secretários. Demonstrou mais uma vez seu desapreço à PMDF e BMDF. Duas caras. Uma na campanha de 2018 e outra depois de eleito. Sim, ele começou a desdizer suas promessas ainda em 2018, quando o Correio Braziliense e esse Blog replicou que ele afirmou que, poderíamos não ter o mesmo aumento da PCDF, que é o que ele havia prometido, conforme publicado no Correio Braziliense de 13/10/2018.
    Porém, com essa má vontade, ele esqueceu do fator Presidente da República, a quem cabe a decisão final sobre os vencimentos dos integrantes da Segurança Pública do DF, que é mantida pela UNIÃO, e não pelo GDF.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.