Nota da ASOF sobre o anúncio do GDF de aumento salarial à PCDF


A Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal (ASOF –PMDF) parabeniza a corporação da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) por ter recebido, do governador Ibaneis Rocha, a concessão de aumento salarial, conforme foi anunciado pelo Palácio do Buriti nesta terça-feira (19/02). 

A ASOF entende ser merecida a conquista da referida categoria, mas ressalta que os policiais militares e suas respectivas famílias aguardam o tratamento igualitário prometido por parte do GDF, pois não foram contemplados no aumento de seu soldo. De igual modo, a Associação ressalta que as diferenças salariais entre as corporações, levadas a efeito em governos anteriores, não pode voltar a acontecer. A ASOF acredita que o Governo do Distrito Federal deveria dar o devido valor à importância da categoria da PMDF. 

Atualizando o placar: PCDF 5 x 0 PMDF

Desde que assumiu o Palácio do Buriti, o governador do DF concedeu diversos benefícios aos policiais civis que não estendeu aos militares. Acompanhe: 1) Projeto encaminhado à Câmara Legislativa para criar o trabalho voluntário na Polícia Civil, com gratificação de R$ 400,00 e carga horária de 8h, inclusive com jornada fracionada de 6h, podendo chegar direto ao período de 24h. 2) Gratificação de 30% (R$ 2.500,00) para os policiais civis aposentados retornarem à ativa. 3) Reajuste para PCDF em seis parcelas até 2021, com paridade com a Polícia Federal. 4) Possibilidade de que os civis alcancem o topo da carreira em 12 anos. 5) Ausência de escala extra para a categoria. 

Necessidade de tratamento isonômico

A ASOF destaca, ainda, que as condições de trabalho adversas da PMDF, as escalas ordinárias e extraordinárias, além de todas as condições inerentes ao exercício do seu ofício, já seriam motivos de sobra para que os militares recebessem tratamento paritário em relação à PCDF. Todavia, esbarrando e reproduzindo erros de gestões anteriores, o GDF ainda não percebeu a importância e a necessidade de conceder tratamento isonômico para uma categoria essencial para a segurança pública do brasiliense, sem a qual o Distrito Federal estaria à mercê de suas muitas adversidades sociais.

A ASOF conclui, reafirmando que os policiais militares continuam acreditando no governo Ibaneis Rocha e estão esperançosos pelo anúncio da recomposição salarial da categoria, nos próximos dias, nos mesmos percentuais concedidos à categoria co-irmã PCDF.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. CFSD DÉCADA DE 9020/02/2019 20:46

    Esperavam o quê? Ibaneis é o renascimento da Era Roriz!
    E o cara ainda está com a balela de que só vai mandar alguma mensagem de aumento para a PMDF/BMDF se excluir de nosso contracheque o Auxílio Moradia!
    Ora, foi exatamente o Auxílio Moradia que diminuiu a distância salarial grotesca que existia entre PCDF e PMDF!

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.