Militares na reforma da previdência??? Nós somos à favor!



A favor inclusive do adicional noturno, direito de greve, adicional de insalubridade, sindicalização, hora extra, FGTS etc.
Só com o adicional noturno e com a hora extra, os militares pagariam uma previdência privada de respeito e ainda sobraria dinheiro demais...

Muitos militares (os combatentes, principalmente) trabalham bem mais que as 40 (ou 44) horas semanais, fácil, fácil. Iriam ficar ricos com tanta hora extra!
E os "boyzinhos" que, não raras vezes, tiram escalas 1 X 1 (24h / 24h) de serviço, com expediente no meio? Para esses a conta é simples: 24 + 8 + 24 + 8 + 24 + 8 + 24 = 154 horas em uma semana!! UAU!!! O salário aumentaria 4 vezes, só de hora extra! Excelente!!!

E então sobre o FGTS?? Este seria um grande avanço. Já imaginou se aposentar e ganhar uma bolada? Acho espetacular! Realmente ir pra casa, colocar o pijama, e não ganhar nem um centavo, depois de ter contribuído a vida toda, não é muito legal. Uns 100 mil ou 200 mil cairiam bem demais. Da Hora!

Fico imaginando como seria a matemática milagrosa quando o militar fizesse manobras... São aquelas operações em que o militar fica a inteira disposição da Pátria... pega chuva, anda, corre, passa fome, sede, dor, dorme na lama, no chão etc... aquele momento em que seu corpo não lhe pertence mais... seria muito legal ganhar adicionais noturno e de insalubridade. Acho que mais do que dobraria o salário... seria justo por parte do governo, dar essa compensação a quem não tem nem 5 anos de sobrevida ao se aposentar... Muito legal por parte da sociedade brasileira.
Somando as horas-extras então... UAU... que maravilha! Ficar 20.. 30.. 45 dias em missão, direto, sem folga, deve dar uma bolada de hora extra! Daria pra comprar um carro ou uma até uma casa!

Melhor ainda seria o direito de sindicalização. Seria o ápice!
Imagine, em tempos de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), (pra não apelar para os tempos de guerra, já que somos um país pacífico), o sindicato faz um indicativo de greve, porque as condições de trabalho não estão adequadas. Que cenário espetacular!!
Para tudo, pq os militares estão em greve! Imaginem os quartéis, os tanques, os navios de guerra e os caças, com aquelas faixas "Estamos em Greve" iguais aos bancários fazem. Show!

Mas aí não daria certo, diriam alguns... o Brasil iria quebrar... Resposta: Sim, provavelmente fosse quebrar mesmo!

Então a gente muda e tenta outro enfoque: somando-se o tempo em que fica em disponibilidade (serviço, exercícios, missões etc) o militar trabalha os seus 30 anos de tempo de serviço MAIS 15 anos de extra, ou seja, 45 anos de serviço!! NENHUM outro trabalhador do país faz isso.

Opa, que tal, então, reduzir (eu disse REDUZIR) pra 35 anos de serviço, como muitos querem? Só isso já seria um "negoção". Seria mais viável ao país, pois não teria impacto econômico algum. O impacto seria apenas deixar de ter trabalhadores disponíveis 24h por dia/7 dias por semana. É só fechar os quartéis as 18h e abrir as 8h do dia seguinte e tá tudo resolvido! Ninguém vai tentar entrar e roubar armamento, munição, granadas, tanques etc... tá dominado! Topam?

Acho que no meio de toda essa onda reformista, pra ficar padrão mesmo, poderíamos melhorar também duas coisinhas: 
Os militares poderiam ter sua liberdade de expressão preservadas (já que seriam trabalhadores iguais aos outros). Seria lindo ver toda hora Oficiais-Generais (responsáveis pelas armas do país) se manifestando em todo lugar, sobre tudo. Democracia pura!
E também acabar com essa coisa de "reserva e reforma"... nada de ter que se apresentar quando estiver na reserva. Aposentou, aposentou. Já era. Deu baixa, deu baixa. Já era. Quem precisa de reserva, né? Acho que só time de futebol (e esportes coletivos em geral) precisam.

Enfim, sou a favor que os militares entrem de cabeça na reforma da previdência. Eles teriam muito a ganhar!!
A sociedade é que não teria mais uma classe pra chamar de sua, sempre que precisasse... mas tudo bem. Faz parte. Não se pode fazer um omelete sem quebrar os ovos! 
Danem-se as vítimas da criminalidade das cidades, danem-se as populações ribeirinhas, danem-se os índios, danem-se os países destruídos como Haiti, dane-se o mosquito da dengue, danem-se os imigrantes venezuelanos, danem-se as vítimas de acidentes aéreos, danem-se os náufragos, danem-se as estradas esburacadas e pontes destruídas.... faz parte. Dane-se até a fronteira... a Amazônia ninguém quer mesmo...

Aproveitando o tema, não esqueçamos também dos policiais e bombeiros. Seria muito legal incluí-los na reforma da previdência também. Realmente combater o crime à noite, sem condições de salubridade, com excesso de horas de trabalho, risco de vida, combater incêndios, salvamentos no mar, em montanhas, graves colisões nas rodovias e etc deveriam ser melhor remunerados por isso.
E o direito de greve, deveria ser absolutamente respeitado pela justiça também, já que está na constituição brasileira. Seria ótimo!
Talvez policias e bombeiros, pudessem viver um pouquinho mais depois de se aposentarem e também diminuísse o número de suicídios desses profissionais, além de diminuir o risco de vida. Papai e Mamãe voltariam pra casa mais vezes. Que ótimo!

Para esses profissionais (militares): não se esqueçam de abolir ugentemente o juramento (falado em alto e bom tom) de defender a sociedade com o sacrifício da própria vida. Ninguém tem isso, por que eles teriam? Viva a Vida!

Ahh, não esqueçamos dos Operadores de Raio X. Esse profissionais também tem muitos "privilégios"! Onde já se viu aposentar com 15 ou 20 anos de serviço?

Avante Brasil!

Força,
Marinha do Brasil
Exército Brasileiro
Força Aérea Brasileira
Policias e Bombeiros Militares🇧🇷

Postar um comentário

0 Comentários