ERRATA - Ministro do Turismo, Marcelo Alvaro

No nosso Clipping de hoje, quarta feira, 06/02/2019, incluímos uma notícia sobre a exoneração do Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.
Agimos no embalo de vários meios de comunicação de grande alcance, e noticiamos aqui que Bolsonaro teria exonerado o ministro devido a uma denúncia feita por reportagem da Folha de S. Paulo, que diz que Marcelo Alvaro está envolvido em esquema de desvio de fundo partidário em Minas Gerais.

A verdade é que o ministro foi exonerado apenas para tomar posse do mandato de Deputado Federal, e será novamente nomeado para o cargo de Ministro do Turismo novamente amanhã.
Ele também publicou nas redes sociais que o jornal Folha de S. Paulo presta um desserviço, e acusa o jornal de publicar reportagens totalmente sem provas.

Em publicação no Twitter na manhã desta quarta-feira, Antônio afirmou: "Em tempos de fake news, importante avisar: hoje tomo posse na Câmara dos Deputados e amanhã retorno às atividades frente ao Ministério do Turismo".
Também no Twitter: "Mais uma vez, a Folha de S. Paulo tenta desestabilizar o nosso Governo com ilações falsas. Hoje, sou o alvo de uma matéria que deturpa os fatos e traz denúncias vazias sobre nossa campanha em Minas Gerais."
"Reforço que a distribuição do Fundo Partidário do PSL cumpriu rigorosamente o que determina a lei. Todas as contratações da minha campanha foram aprovadas pela Justiça Eleitoral. É lamentável o desserviço prestado pelo jornal."

Portanto, quero aqui informar aos leitores que eu, Airton, resolvi remover este item que havia noticiado no Clipping, a bem da verdade, com o intuito de continuar levando a informação correta a todos. Eu simplesmente repudio as falsas informações.
E principalmente me dirijo aqui aos que já chegaram a ler o Clipping antes da remoção da notícia.
Em tempo, consigo aqui corrigir uma injustiça, bem cedo, a ponto de não ter causado males maiores.
Obrigado a todos!

Postar um comentário

0 Comentários