Aprovados no concurso da PMDF clamam pela quebra da cláusula de barreira





Na manhã deste sábado (02/02/2019), os aprovados além do número de vagas do concurso de praça da PMDF estiveram no Hemocentro de Brasília, onde realizaram uma das mais nobres ações sociais, a doação de sangue. 

Estes candidatos estão literalmente dando o sangue para entrar na gloriosa PMDF. O intuito desta ação foi mostrar a sociedade a vontade de contribuir com o meio social, pois com a quebra da cláusula de barreia será possível a nomeação e por consequência um reforço importante ao efetivo de Policiais Militares 
 

O que é a cláusula de barreira???


A cláusula de barreira (subitem 18.1.1 do edital normativo Nº 21/DGP - PMDF, DE 24 DE JANEIRO DE 2018 CONCURSO PÚBLICO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE PRAÇAS DA POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CFP/QPPMC) descreve que todos os candidatos além do cadastro reserva serão considerados ELIMINADOS, por mais que já tenham feito todas as etapas do concurso público. 

Todavia, o mesmo edital consta no item 23.7.1 que a administração poderá nomear em até 50% a mais o quantitativo de vagas, aproveitando assim os candidatos excedentes. 

Devido a nítida inadequação entre os itens do edital (18.1.1 e 23.7.1), aprovados em todas as etapas serão eliminados por falta de adequação dos itens. O qual será uma enorme injustiça. Além disso, essa inadequação fere os princípios que rege a administração pública, quais sejam: supremacia do interesse público, razoabilidade, proporcionalidade, economicidade, continuidade do serviço público e eficiência.

Como também é sabido que o número de vagas do referido concurso não será suficiente para suprir o déficit do quadro de policiais militares atual, o que torna imprescindível a quebra da cláusula de barreira e nomeação de todos os aprovados.
Fotos:




Doação de sangue pelos aprovados em todas as fazes do concurso da PMDF 2018. Os aprovados clamam pela quebra da cláusula de barreira



Postar um comentário

0 Comentários