Falta de segurança nos veículos policiais


Diante dos últimos acontecimentos, o Blog do Halk procurou nosso colaborador ST Alan Campos, Instrutor de Pilotagem Policial e estudioso do assunto para alguns esclarecimentos e dúvidas.
O acontecimento mais recente envolveu dois policiais da nossa valorosa PMGO que durante uma perseguição na região do entorno do DF, sofreram um acidente grave e foram projetados para fora do veículo por não estarem utilizando o cinto de segurança.
Vários questionamentos nos chegaram e pedimos ao Instrutor de Pilotagem Policial ST Alan Campos da PMDF para nos trazer alguns posicionamentos. Então perguntamos:

Poderia o acidente ser evitado?

O acidente por definição é algo que acontece que foge da rotina comum ou que exceda as capacidades do envolvido, então, evitado NÃO mas minimizado. Deixe explicar, o agente de segurança sempre está próximo do limite de suas capacidades se expondo mais que qualquer um aos riscos, desta feita o nosso objetivo enquanto instituição e formadores é MINIMIZAR os acidentes e suas consequências, através de treinamento e equipamentos necessários.

O senhor fala em treinamento e equipamento, como você vê hoje esta questão?

É uma questão delicada e de certa forma longa para responder, mas podemos sintetizar. Em questão de treinamento, ou a Corporação não investe em treinamento de pilotagem policial ou quando faz se utiliza de meios não muito eficazes e com doutrinas já ultrapassadas e não testadas.
Na questão de equipamento podemos ir mais a fundo, começando respondendo o porquê dos policiais não utilizarem, o cinto de segurança. Eu vou direto ao ponto os bancos e cintos de segurança dos carros utilizados como viatura não atendem ao que o policial precisa.
Um policial equipado com cinto de guarnição e demais equipamentos não encaixa no desenho do banco, forçando coluna/lombar, bem como não acomodando os equipamentos. Um policial com o equipamento básico não consegue afivelar o cinto de segurança e quando o faz é com muita dificuldade. Se faz necessário equipar as viaturas com bancos “flat” na região lombosacra bem como reforço das molas de retração dos cintos e um acoplador em posição que não fique conflitando com o armamento na cintura. Além de se utilizar técnica correta, já testada e aprovada em outros países, para acoplar e desacoplar o cinto de segurança.
Temos ainda que levar outras coisas em conta que não vamos falar aqui como coletes que deem mobilidade, coldre de perna, fixador eficaz de arma longa e etc.

Existe solução para esta questão?

Já existem estudos na PMDF os quais dão suporte para as devidas correções, o que está faltando é uma harmonização e troca de informações entre as diversas áreas das Corporações, de forma que todos entendam que somos interligados e não isolados. Exemplo é uma compra de coletes tem que levar em conta também o piloto policial durante a sua atividade de pilotagem, bem como o policial  no controle de distúrbio civil.
Temos que dar treinamento de pilotagem policial levando em conta estes detalhes como colocar e retirar cinto, mudança de faixa e etc.
Rever os regulamentos de uniforme os quais em alguns pontos impossibilitam a utilização correta dos equipamentos, como coldre de cintura.
Ao comprar carros para ser utilizado no policiamento levar em conta não só a motorização, mas a ergonomia, equipamentos policiais e etc.

Teríamos aqui um assunto muito longo para discorrer de forma agradável ficaremos por aqui e agradecemos o ST Alan Campos que sempre se dispõe a colocar seu ponto de vista como especialista no assunto, o blog do Halk agradece e até a próxima

Postar um comentário

2 Comentários

  1. *VAMOS NOS CUIDAR COLEGAS DE FARDA E DE COLETE:*

    *Na minha humilde opinião, até porque estou falando por experiência própria, depois de anos e anos que estou na viatura patrulhando o DF a noite, onde, tive também a horrível experiência também de ter batido uma viatura em perseguição, fora, as várias e várias* *perseguições e tiros que já rolou comigo e outros colegas nas Rps de todos País, digo que, quando estiverem em velocidade de patrulhamento, que e bem devagar, a façam sem cinto de segurança, sem problemas, é até mais seguro, pois em velocidade de patrulhento estamos muito devagar e mais vulneráveis, mas, em uma perseguição ou então em longos deslocamentos com a viatura, custa nada, ponha o cinto de segurança, já é provado, que muitos colegas se foram ou ficaram inválidos porque sofreram acidentes sem os cintos de segurança, até porque, as viaturas de hoje, mais novas, não tem aqueles cintos* *horríveis do passado, que ficavam travando na hora de sair do veículo, afirmo, que estou* *revendo meu trabalho de patrulhamento, não que o cinto pode em regra nos salvar 100%, mas de fato e com certeza, muitos poderiam ser salvos se estivessem com o cinto de segurança, vamos nos adaptar aos veículos que as PMs compram, e treinar colocar e retirar o cinto rapidamente, em caso de perseguição ou deslocamentos mais distantes com a viatura, até porque, infelizmente, na polícia* *americana, os policiais sempre estão de cinto, mas as travas dos cintos das viaturas não são comuns como os nossos brasileiros, são diferentes, e ficam no painel de suas viaturas. A instituição "BRASIL", não esta preocupada com o bem estar e segurança de seus heróis, mas sim, estão preocupados em ter viaturas na rua, nao importantando se é uma viatura top ou uma bike sem freio, temos que nos cuidar sem esperar que alguém cuide de nossa segurança pessoal*TEMOS QUE VOLTAR VIVOS E INTEIROS PARA NOSSA FAMILIA.*

    *Vamos orar e torcer pelo nosso irmão da Rotam de Goiás.*🙏🏻, *Que em breve, saíra dessa, e voltara para o seio de seus familiares e amigos sãn e salvo, infelizmente, o sgt caixeta se foi, que Deus conforte seus familiares.*

    *NAO RUA OU EM CASA, SEJA O SEGURANÇA DE VC MESMO POLICIAL*

    SGT Alessandro Costa- PMDF

    .

    ResponderExcluir
  2. *VAMOS NOS CUIDAR COLEGAS DE FARDA E DE COLETE:*

    *Na minha humilde opinião, até porque estou falando por experiência própria, depois de anos e anos que estou na viatura patrulhando o DF a noite, onde, tive também a horrível experiência também de ter batido uma viatura em perseguição, fora, as várias e várias* *perseguições e tiros que já rolou comigo e outros colegas nas Rps de todos País, digo que, quando estiverem em velocidade de patrulhamento, que e bem devagar, a façam sem cinto de segurança, sem problemas, é até mais seguro, pois em velocidade de patrulhento estamos muito devagar e mais vulneráveis, mas, em uma perseguição ou então em longos deslocamentos com a viatura, custa nada, ponha o cinto de segurança, já é provado, que muitos colegas se foram ou ficaram inválidos porque sofreram acidentes sem os cintos de segurança, até porque, as viaturas de hoje, mais novas, não tem aqueles cintos* *horríveis do passado, que ficavam travando na hora de sair do veículo, afirmo, que estou* *revendo meu trabalho de patrulhamento, não que o cinto pode em regra nos salvar 100%, mas de fato e com certeza, muitos poderiam ser salvos se estivessem com o cinto de segurança, vamos nos adaptar aos veículos que as PMs compram, e treinar colocar e retirar o cinto rapidamente, em caso de perseguição ou deslocamentos mais distantes com a viatura, até porque, infelizmente, na polícia* *americana, os policiais sempre estão de cinto, mas as travas dos cintos das viaturas não são comuns como os nossos brasileiros, são diferentes, e ficam no painel de suas viaturas. A instituição "BRASIL", não esta preocupada com o bem estar e segurança de seus heróis, mas sim, estão preocupados em ter viaturas na rua, nao importantando se é uma viatura top ou uma bike sem freio, temos que nos cuidar sem esperar que alguém cuide de nossa segurança pessoal*TEMOS QUE VOLTAR VIVOS E INTEIROS PARA NOSSA FAMILIA.*

    *Vamos orar e torcer pelo nosso irmão da Rotam de Goiás.*🙏🏻, *Que em breve, saíra dessa, e voltara para o seio de seus familiares e amigos sãn e salvo, infelizmente, o sgt caixeta se foi, que Deus conforte seus familiares.*

    *NAO RUA OU EM CASA, SEJA O SEGURANÇA DE VC MESMO POLICIAL*

    SGT Alessandro Costa- PMDF

    .

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.