O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA(?)

Preconceito é a ideia.Discriminação é a ideia colocada em prática.

Onde é Feriado?

O Dia da Consciência Negra NÃO é um feriado nacional, apesar de existir projeto na câmara para esta finalidade, aguardando votação. Enquanto isso, há mais de 10 anos, é feriado municipal em muitas cidades brasileiras, e é feriado estadual em 5 estados, o que soma mais de mil cidades. Fora isso, mesmo não sendo feriado em todas as partes, a data é reconhecida e celebrada nacionalmente.

Discussões:

Há muita polêmica sobre este assunto.
Primeiro: como lembrar em 1 dia ou 1 mês, a história de vidas inteiras, gerações, séculos.
Segundo: Morgan Freeman, ator negro, americano, em entrevistas já disse isso, e mais: nós só iremos acabar com o Racismo quando pararmos de falar sobre o assunto.
Mr Catra, cantor negro falecido recentemente, falou em entrevista ao programa da Rádio Jovem Pan, o Pânico, que "não foi o branco que escravizou o negro. O negro foi vendido pelo negro e salvo pelo branco", referindo-se à abolição da escravidão, construída e assinada por pessoas brancas. “Queria deixar bem claro que, na realidade, não foi o branco que escravizou o negro. Foi o negro que escravizou o negro e vendeu pro branco”. “Tinha quer ter dia da consciência oriental, dia da consciência do índio, do branco, de todo mundo”. Ele disse ainda que é hipocrisia dizer o contrário.
“Negro não precisa de cota, acho que a gente é igual”, afirmou o funkeiro, que também declarou que Dia da Consciência Negra é uma forma de racismo da sociedade.

Zumbi dos Palmares

A data foi escolhida em referência a Zumbi dos Palmares, falecido neste dia, em 1695. Outra polêmica começa aqui, pois alguns historiadores, inclusive negros, dizem que Zumbi não foi nenhum herói, mas sim um grande traidor, que teria envenenado o verdadeiro herói da resistência negra em Pernambuco, o rei Ganga-Zumba, e tomado o seu lugar. Em seguida Zumbi governou o Quilombo dos Palmares com despotismo e promoveu uma forte propaganda para se tornar famoso, mandando espalhar inclusive a notícia de que ele era imortal, o que lhe garantiu força por algum tempo. 
Zumbi dos Palmares também escravizava seus súditos. O Quilombo chegou a ter mais de 30 mil habitantes.

Luis Gama

Negro, ex escravo, se tornou advogado em São Paulo, e ajudou a libertar mais de 500 negros escravos. Quando criança, sua mãe saiu para lutar contra a escravidão, deixando-o com uma pessoa de confiança, que o vendeu como escravo.

André Rebouças

Da família negra de engenheiros que realizou várias obras importantes em vários estados brasileiros, homenageados pela Av. Rebouças em São Paulo, e tantas outras, era negro, levou à libertação de vários escravos, e lutou pela abolição da escravidão.
Ele também era contra o pagamento de indenização aos senhores que perdiam escravos para a libertação, pois isso validava a posse de uma pessoa por outra pessoa.

Adelina, de São Luis do Maranhão

Não se sabe o sobrenome dela, nem as datas de nascimento e falecimento. Ela era filha bastarda de seu próprio senhor, que a mantinha escrava, fato muito comum durante a escravidão. Ela atuou como espiã, e enviava informações sobre ações policiais e planos dos escravistas para os negros que estavam em esconderijos.

As cotas nas universidades

Criadas no governo Lula, as cotas são um "remédio" para um outro mal causado pelo próprio governo: o baixo nível de qualidade do ensino nas escolas públicas primárias e secundárias. O correto seria elevar essa qualidade de ensino público, e abolir as cotas. Assim, todos teriam as mesmas chances.

Brasil 247 não gostou

O site petista Brasil 247 se manifestou crítico contra as falas de Mr Catra no programa de rádio, pois a ideia desconstrói os discursos separatistas de ódio de Lula e de toda a esquerda, que se apoia nisso para se promover.

Bolsonaro

Já se disse contra as cotas, e na sua eleição, recebeu o apoio e os votos de muitos negros, inclusive pobres, que se manifestaram sobre isso.

Dívida História

Definição disseminada por Lula, na qual se baseia a lei de cotas. Lula foi um dos esquerdistas a dizer que os brancos possuem uma dívida história com os negros. Essa ideologia é derrubada pelo fato de brancos não serem melhores do que negros, nem negros serem melhores do que brancos, em amplos sentidos.
Além disso, foram outros brancos que escravizaram outros negros, e não as pessoas de agora. Os atos cometidos por uma pessoa não podem ser atribuídos a todas as pessoas que possuam suas mesmas características.

Combater a desigualdade

Dê aos negros e pobres em geral a oportunidade de estudar e deixar de ser pobres. Isso já acontece em vários casos de negros, de origem pobre, que se esforçaram nos estudos, e hoje são de um nível econômico acima da média, para não dizer ricos.
O caminho para isso é a escola público com ensino de altíssima qualidade, coisa que o Brasil já teve um dia.

Preconceito é a ideia.Discriminação é a ideia colocada em prática.

Racismo é o preconceito e a discriminação, que havia perdido força lentamente no decorrer do século 20, e voltou a ganhar impulso na virada do século 21 a partir dos discursos de ódio e separatismo de Lula. O Racismo do século 21 tem uma conotação totalmente diferente da que tinha no século 20.
O Racismo de antes era fruto da ignorância, da falta de conhecimento. O Racismo de hoje é fruto da ideologia esquerdista de ódio e separação de classes.

Feliz dia da Consciência Negra para TODOS, inclusive brancos e amarelos, com muita saúde, paz, harmonia e força!
Airton Alvares, 20/11/2018, São Paulo, SP

Postar um comentário

0 Comentários