Marginal executou a vítima porque o celular era "velho demais"

A Polícia Civil prendeu, na noite desta quarta-feira (14/11), um homem de 20 anos, suspeito de matar o adolescente Osterno Guilherme Martins Linhares de Sousa, 16 anos, com um tiro no rosto durante assalto na tarde de terça (13/11), na QNO 18, Setor O, em Ceilândia. Guilherme, como era chamado, morreu porque o celular entregue ao bandido era “velho demais”, segundo contaram testemunhas.


Postar um comentário

0 Comentários