VIOLÊNCIA PÓS ELEIÇÃO: UMA FACA NA BOLSA

Acabou o período eleitoral mais violento da história, no qual, pela primeira vez um candidato a presidente sofreu um atentado contra sua vida. Porém, o que não acabou, foi a violência de fanáticos esquerdistas. 
Não quero dizer aqui que não haja fanatismo e violência também por parte de eleitores de Bolsonaro. Há sim! Idiotismo é coisa que existe até mesmo nas melhores famílias. Porém, já não é de hoje que ficou claro para o Brasil e para o mundo que a esquerda sempre é mais violenta.
É da esquerda que vêm as cuspidas. O ator José de Abreu e o deputado federal caronista Jean Wyllys, do PSOL, são os dois cuspidores mais famosos. 
Lula já fazia discursos de ódio desde 1990, colocando negros contra brancos, pobres contra o que ele chama de classe média, nordestinos contra sulistas, e fazendo a famosa divisão de classes que ele aprendeu na história, com o Comunismo Soviético e suas vertentes, o Nazismo na Alemanha e o Fascismo na Itália.
No Brasil, o racismo, que já vinha perdendo força no decorrer do século 20, passou a ficar forte novamente no século 21 a partir dos discursos de Lula, porém com uma outra conotação, diferente daquela do século passado.
Outra coisa que se observou fortemente nesta eleição, foi uma parcela do povo fazendo torcida como se fosse para o time de futebol. Agora, terminado o jogo, tem gente que pensa em fazer briga de torcida.
Ontem na Paulista milhares de famílias foram comemorar a vitória de Bolsonaro, e um grupo de petistas foi para confrontar. Felizmente, a PM em peso estava presente, e conteve o grupo, isolou, e dispersou. Ninguém se feriu.
Já em Salvador, o confronto acabou deixando uma mulher ferida.
Mas o que mais chamou a atenção hoje, no whats app, foi o vídeo a seguir, de uma moça que tira de dentro da bolsa uma faca, e ao perceber que estava sendo filmada, torna a guardá-la.

O ocorrido foi na manifestação do Rio de Janeiro, próximo à residência de Jair Bolsonaro, onde uma multidão comemorava a vitória. Assista o vídeo:


Postar um comentário

0 Comentários